Ver todas as notícias

10_6_2022__0_19_11_2019__0_28_10_2019__0_Peça Nova - canais para denunciar.jpg - uploaded/imgs/noticias/10_6_2022__0_19_11_2019__0_28_10_2019__0_Peça Nova - canais para denunciar.jpg - Homem acusado de matar uma gestante na Paraíba é preso no Rio de Janeiro, após informações ao Disque Denúncia


Homem acusado de matar uma gestante na Paraíba é preso no Rio de Janeiro, após informações ao Disque Denúncia

10/6/2022



Policiais Penais em ação coordenada pelo diretor da Divisão de Busca e Recaptura (RECAP), da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), munidos de informações repassadas pelo Disque Denúncia, prenderam na manhã desta sexta-feira (10) Julieverton Ferreira da Silva, de vulgo "Vetinho". 

De acordo com a Polícia, antes da ação, agentes penais do Rio e policiais civis do Núcleo de Homicídios da 8ª Delegacia Seccional da Polícia Cívil, da cidade de Guarabira, analisaram dados e trocaram informações, que foram importantes à prisão do foragido; localizado em um lava-jato, no bairro da Penha, na Zona Norte do Rio.

Ainda de acordo com os agentes, ele é responsável pelo tráfico local e, em outubro de 2021, matou Luciana Elias da Silva, de 32 anos e grávida de 5 meses, por motivo fútil; durante uma briga em um bar de Guarabira. 

Contra Julieverton, um mandado de prisão expedido, pela 1ª Vara Mista de Guarabira, do TJPB, pela prática do crime de Homicídio Qualificado. A polícia ressalta que o delito foi cometido, logo após ele transgredir o livramento condicional, benefício este, concedido no processo que o condenou  à 7 (sete) anos de reclusão, pela prática do crime de Tráfico de Drogas; sendo flagrado transportando 121 tabletes de maconha, no bairro do Varadouro, em João Pessoa/ PB. 

Julieverton é considerado um indivíduo de alta periculosidade pela polícia da Paraíba. Por este motivo, fugiu para a cidade do Rio de Janeiro e passou a morar em um imóvel no Morro do Sereno, que pertence ao Complexo da Penha - concluiu a polícia.

Após receber voz de prisão, "Vetinho" foi levado até a 32ª DP (Taquara).

 

Denuncie a localização de foragidos da Justiça ao Disque Denúncia na central de atendimento 21.2253 1177, pelo WhatsApp do Portal dos Procurados 21.98849 6099 ou no aplicativo "Disque Denúncia RJ".

O anonimato é garantido.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.