Ver todas as notícias

21_10_2021__0_6_1_2020__0_Procurados Novo.jpg - uploaded/imgs/noticias/21_10_2021__0_6_1_2020__0_Procurados Novo.jpg - Suspeito de aterrorizar o estado do Ceará com roubos a bancos e carros fortes é preso no Morro dos Macacos após informações do Disque Denúncia


Suspeito de aterrorizar o estado do Ceará com roubos a bancos e carros fortes é preso no Morro dos Macacos após informações do Disque Denúncia

21/10/2021



Policiais Militares da Superintendência de Inteligência e Análise (SIA), da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) - em ação conjunta com a Polinter e o Núcleo de Inteligência da 5°UPP/6 ° BPM/Morro dos Macacos -, tendo como base Dados de Inteligência e informações do Disque Denúncia, prenderam nesta quinta-feira (21), o foragido da Justiça do estado do Ceará/CE, Francisco Wellington Silva Caetano, o “Branco” ou “Branquinho”, de 38 anos.

De acordo com a Polícia, ele vinha sendo monitorado pela Polinter e pela SIA/CPP - em um trabalho integrado entre as instituições - e foi localizado escondido em uma residência, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio. Ele pertencia a uma das quadrilhas mais perigosas do estado do Ceará, que era chefiada pelo ex-vereador de IPU, Antônio Fabio Borges, conhecido como “Fábio Fabuloso”, assassinado no ano de 2015. Os criminosos efetuavam roubos a bancos, carros fortes, clonagem de cartões.

Ainda de acordo com os agentes, o ex-vereador foi um dos criminosos mais procurados do estado do Ceará. Sua quadrilha, que na época era ligada à facção ADA, chefiava o tráfico no Morro dos Macacos, o que fez com que “Branco” fosse se esconder na referida favela desde 2017.  

Contra Francisco Wellington, havia dois mandados de prisão, expedido pelas Varas Criminais de IPU e Guaraciaba do Norte, no Ceará/CE, pelos crimes de Roubo e Triplo Homicídio.  

A ocorrência foi conduzida a Polinter, onde o mandado de prisão foi cumprido. O preso foi transferido para a SEAP, onde ficará à disposição da Justiça. 



O Disque Denúncia solicita a população de todo o Estado do Rio de Janeiro que continue denunciando a localização de foragidos da justiça no APP "Disque Denúncia RJ", no WhatsApp Procurados 21.98849 6099 ou na central de atendimento 21.2253 1177.

O anonimato é garantido.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.