Ver todas as notícias

31_5_2020__0_índice4.jpg - uploaded/imgs/noticias/31_5_2020__0_índice4.jpg - Denúncias de crimes ambientais em Paraty feitas ao Linha Verde levam polícia a identificar mais de 1300 metros quadrados de área degradada


Denúncias de crimes ambientais em Paraty feitas ao Linha Verde levam polícia a identificar mais de 1300 metros quadrados de área degradada

31/5/2020



Em cumprimento a ordem de policiamento a fim de averiguar denúncias de crimes ambientais encaminhadas pelo Linha Verde (0300 253 1177) policiais da 4ª UPAm procederam ao bairro Várzea do Corumbé, em Paraty, na Costa Verde, onde, em um terreno localizado na Rua Santos, constataram cerca de 200 metros quadrados com recentemente a movimentação de terra. No local, foi possível verificar a existência de diversas árvores de pequeno e grande porte cortadas, inclusive, uma delas estava anelada. Ao ser questionado pelos policiais sobre as licenças ambientais pertinentes para aquela atividade, o responsável pelo terreno informou que não as possuía.

Durante a fiscalização nas proximidades, já que havia outra denúncia do Linha Verde sobre crime ambiental ali, os agentes da UPAm perceberam a abertura de uma estrada com cerca de 100 metros de extensão ao lado do terreno e procederam ao local. A via dava acesso a cinco lotes com aproximadamente 200 metros quadrados cada, que tinham indícios de uso de retroescavadeira, extração irregular de árvores e movimentação de barro. Os policiais então procederam à residência indicada na denúncia, mas a responsável não quis falar com os agentes, negando-se a mostrar qualquer tipo de documentação referente aquela atividade. Não havia nenhuma placa ou informação no terreno dando conta das licenças ou autorizações. Diante dos fatos, a equipe de policiais ambientais se dirigiu à 167ª DP com o primeiro acusado, onde a ocorrência foi registrada com base no artigo 38 da lei de crimes ambientais, enquanto que a responsável pela última ocorrência acabou sendo intimada à comparecer posteriormente naquela delegacia com intuito de esclarecer à autoridade policial, todo o ocorrido e se há de fato alguma licença para a atividade em questão.

O Linha Verde continua solicitando a população que denuncie crimes ambientais no Estado do Rio através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”, enviando fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

LINHA VERDE, o Disque Denúncia do Meio Ambiente



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.